Samba Cidade
Samba Cidade
Com Roberto Ferreira

Sem assistentes, professores de Ceims cruzam os braços a partir de segunda

12/02/2020 07h14

Fonte: Redação

Trabalhadores em educação dos Centros de Educação Infantil de Dourados vão cruzar os braços a partir de segunda-feira. A medida foi tomada na manhã desta terça-feira (11) durante assembleia.

A decisão ocorreu, segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Simted), pela falta de grupo de apoio para atendimento às crianças. Tratam-se de auxiliares de professores em sala de aula. O sindicato estima que seria necessário a contratação de 700 auxiliares para atender a demanda.

A partir de terça-feira, dia 18, ainda de acordo com o sindicato, os profissionais vão realizar paralisação parcial, de acordo com a demanda de cada unidade de ensino e para "evitar riscos aos alunos e falta de condições de trabalho aos professores".

Os educadores entendem que há necessidade de concurso público para grupo de apoio à educação infantil, que é atendido atualmente por estagiários.

Como há professores contratados nas unidades, que não aderem ao movimento de paralisação, caberá aos pais certificar nas unidades sobre as aulas.

Envie seu Comentário