Clube da Insonia
Clube da Insonia
Com Ionam

Seis pessoas são vítimas de violência doméstica em três dias

12/02/2020 07h10

Fonte: Redação

De sábado até segunda-feira as equipes da Guarda Municipal de Dourados atenderam seis casos de violência doméstica na cidade, na qual as vítimas foram socorridas pela guarnição e os agressores presos. Apenas na segunda-feira (10) foram três situações do tipo.

A primeira ocorrência envolveu dois adolescentes, a vítima de 15 anos procurou socorro na sede da Guarda por volta das 6h, relatando que havia sido agredida pelo namorado de 16 anos, com tapas no rosto, chute nas pernas e xingamentos.

Ela relatou ainda que passaram a noite juntos na casa da mãe do menor e que em determinado momento tiveram uma discussão por causa do celular quando passou a ser agredida pelo namorado. A vítima pediu ajuda a mãe do menor e contou das agressões, porém, ao invés de ajuda recebeu vários xingamentos.

Todos foram encaminhados a Delegacia da Infância e Juventude para os procedimentos legais.

Já por volta das 15h outro caso de agressão e violência doméstica porém contra a própria mãe.

O fato ocorreu na Vila Aurora, quando um homem de 39 anos descontrolado passou a investir, xingar de vários palavrões e ameaçar de morte a própria mãe de 62 anos.

Com a chegada da equipe da GMD o autor passou a xingar e desacatar a equipe e investiu contra a guarnição tentando agredi-los, porém foi dominado com uso de equipamentos de menor potencial ofensivo.

A idosa relatou que o filho chegou em casa e perguntou da comida, momento que foi informado que o arroz e o macarrão estavam no fogão.

E que após isso o filho ficou descontrolado passou a xingar e ameaçar de morte a mãe, dizendo que iria tocar fogo em seu carro.

Após ser preso pela Guarda Municipal foi encaminhado a Delegacia de Polícia.

Já por volta das 22h no bairro Jardim Maracanã um homem de 41 anos também foi preso por violência doméstica e por descumprir medida protetiva de urgência.

A discussão ocorreu na hora do jantar quando o autor passou a ameaçar a mãe uma senhora de 60 anos, dizendo que iria agredi-la e ameaçou de morte dizendo que compraria um revólver e mataria a todos.

Diante da situação o filho agressor foi preso pela Guarda Municipal e encaminhado a Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos legais.

Envie seu Comentário