Clube da Insonia
Clube da Insonia
Com Ionam

Rede MS é homenageada na Assembleia

27/11/2019 07h21

Fonte: Redação

A Rede MS Integração de Rádio e Televisão foi homenageada em sessão solene dedicada aos profissionais e empresas de radiodifusão, que contribuíram para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. O evento realizado na noite desta terça-feira, 26 de Novembro, na Assembleia Legislativa, em Campo Grande, foi proposto pelo deputado estadual Marçal Filho (PSDB). Empresários e radialistas receberam a Comenda Antônio Tonanni (nome do precursor da rádio em Dourados). O diretor-geral da Rede MS Ulisses Serra Netto compareceu e teve reconhecida sua dedicação à radiodifusão no Estado. A Rede MS, proprietária da TV MS Record, tem cinco rádios a FM Cidade 97,9, FM Cidade 91 (Dourados), Três Lagoas FM, Bonito FM e FM Cidade 88.5 (Corumbá). O empresário continua apostando na radiodifusão que, segundo ele, é um serviço de transmissão sem fim, apesar do avanço das novas tecnologias. "O rádio não tem fim. As novidades vieram para somar. A internet é mais um aparelho de rádio para as novas gerações. O rádio é perene", analisa. "(...) Este mês tivemos recorde de vendas", acrescentou em referência ao desempenho comercial das rádios que compõem a Rede MS. Mais conhecido como Noninho, Ulisses Serra Netto é engenheiro civil e fundou a Rede MS nos anos 1980 ao lado do pai, o empresário Ivan Paes Barbosa. Outro nome da Rede MS entre os homenageados foi o do radialista João Bosco de Medeiros, um dos pioneiros no ramo. "Fiquei muito grato com esta homenagem. Sou um operário do rádio onde trabalho há 54 anos", disse o locutor. "O rádio não morre, ele se renova. A tecnologia é uma aliada. Hoje, nós locutores trabalhamos com um computador na nossa frente. Rádio é encantamento, é sonho, é emoção, é comunicação de coração para coração", enaltece. João Bosco está há 25 anos na FM Cidade 97 e atualmente apresenta o programa Alto Astral sempre nas manhãs de domingo, das 6h às 9h. Também presente à solenidade esteve o deputado estadual Lucas de Lima (Solidariedade). Lucas é locutor de rádio há 32 anos e há 30 trabalha na FM Cidade 97. Ele, aliás, foi quem indicou João Bosco para a homenagem. "É uma noite de muita emoção para mim. Eu fui ouvinte do Bosco e hoje estou homenageando", observa. Lucas de Lima apresenta o programa Amor Sem Fim, líder de audiência no horário noturno, e o Show da Manhã, ambos diários. Ele também apresenta um programa de televisão que vai ao ar aos domingos, às 8h, na TV MS Record. Propositor da solenidade, o deputado Marçal Filho, que também é radialista, mencionou que a homenagem é uma forma de valorizar os profissionais do rádio e os empresários que investem no seguimento. "O rádio é o vovô das mídias e continua em alta (...) É um setor de prestação de serviços, é a voz da população. O rádio não tem imagem, ele desperta a imaginação", enfatizou. Além da comenda, um troféu com os dizeres "Radialista com muito orgulho" foi entregue aos homenageados da solenidade. Além dos já citados, também receberam a honraria Antonio Carlos Ruiz, Gilberto Orlando Daquinto, José Guerreiro (in memoriam), Benedito de Paula Filho, Disney Coelho Cardozo, Gilberto Pereira Guedes, Joel Almeida da Silva, Jorge Antonio Salomão (in memoriam), Lucas Corrêa, Mirian Sirlei da Veiga, Nelson da Silva Feitosa, Robson Ramos, Otávio Neto, Antonio Neres, Pedro Paulo Miranda, Armando de Amorim Anache, Valéria Cristina da Silva, Altevir Nunes, Carmen Cestari, Marcos Antônio Lopes, Ozair Dias Sanabria, Natalino Aparecido da Silva e Rezende Junior. Entre os deputados estaduais, além de Marçal e Lucas, também compareceram o presidente da Casa de Leis, Paulo Corrêa (PSDB), Barbosinha (DEM), Neno Razuk (PTB), Onevan de Matos (PSDB), Antônio Vaz (Republicanos), Evander Vendramini (PP), Professor Rinaldo (PSDB) e Renato Câmara (MDB).

Envie seu Comentário