A Voz do Brasil
A Voz do Brasil
Com Equipe Rádiobras

Governo do Estado investe R$ 10,4 milhões na revitalização de escolas

14/06/2021 07h18

Fonte: Redação

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul está investindo R$ 10,4 milhões na revitalização completa de escolas de Dourados. São obras de acessibilidade, pintura, readequações na parte elétrica e hidráulica e reformas gerais. O objetivo é garantir mais segurança e conforto aos alunos quando puderem retornar às aulas presenciais. Estão recebendo melhorias as escolas: Antônia da Silveira Capilé, Floriano Viegas Machado e Alício Araújo. Nos próximos dias deve iniciar a completa revitalização da Escola Menodora Fialho Figueiredo.

Para o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, os investimentos em escola são os mais diretos rumo ao desenvolvimento do Estado. "Quando falamos em construir e reformar escolas, precisamos ir além do que os olhos podem ver, ir além das cadeiras, tijolos e cimento, estamos falando na melhoria do sistema educacional e, neste sentido, estamos falando em um futuro ainda melhor e de justiça social. São quase 17 mil alunos e mais do que isso são mais de 17 mil famílias beneficiadas naquilo que é o pilar do desenvolvimento: a educação".

A secretária estadual de educação, Maria Cecilia Amendola da Motta diz que Dourados abriga uma parcela significativa da rede e os investimentos objetivam melhorias na aprendizagem. "Pensando nessa evolução, buscamos levar avanços na infraestrutura com reformas e novos equipamentos, mas sem esquecer dos nossos profissionais que contam com as formações oferecidas pela Secretaria de Estado de Educação por meio de iniciativas próprias da SED e também de parceiros que fazem parte da nossa caminhada. Além disso, graças ao trabalho em regime de colaboração, estendemos esse suporte não apenas para a Rede Estadual de Ensino, mas para todas as redes municipais de Mato Grosso do Sul. Um trabalho que visa beneficiar todos os estudantes do nosso Estado."

De acordo com o secretário de Governo e Gestão Estratégica, Sérgio Murilo Mota, é determinação do Governador Reinaldo Azambuja que os estudantes tenham toda assistência para acesso às aulas remotas durante a pandemia, além de uma estrutura física adequada e moderna no retorno ao ensino presencial. "Em Dourados, o Governo do Estado investiu um total de R$ 40,7 milhões de 2015 a 2019. Os recursos foram aplicados em garantia de merenda, uniformes, transporte e kits escolares, obras e melhorias nas escolas estaduais do município. Só em reformas e melhorias nas escolas estaduais do município foram R$ 13,5 milhões em investimentos. Dourados conta com 16.811 estudantes matriculados nas trinta unidades escolares da Rede Estadual de Ensino (REE) do município", destaca.

Uma nova escola Capilé

Na Escola Estadual Antônia da Silveira Capilé houve uma reforma geral e ampliação da estrutura, que passou a contar com um laboratório, além da revitalização da sala de vídeo e biblioteca. Com a reorganização dos espaços, a escola também ganhou o tão sonhado refeitório e uma cozinha moderna. Houve revitalização da sala de tecnologia, quadra de esportes, além de melhorias no piso que estava desnivelado e prejudicava a acessibilidade.

Toda rede elétrica e hidráulica também foi revitalizada garantindo a instalação de aparelhos de ar condicionado. De acordo com a diretora Marisa Pereira dos Santos, essa é a primeira grande reforma da escola em 45 anos de existência. A unidade conta com 234 estudantes. "Com essas obras o Governo do Estado mostra um olhar especial para escolas de Autoria de Tempo Integral. Todos os nossos alunos estão muito entusiasmados para conhecerem a nova escola", comemora.

Reis Veloso

Na Escola Estadual Ministro João Paulo dos Reis Veloso houve reforma da quadra de esportes, a implantação da Brigada de Incêndio e a climatização dos ambientes de aprendizagem. O diretor José Carlos Severiano de Souza disse que também deve iniciar nos próximos meses obras no piso do pátio para garantir maior acessibilidade. "Esse trabalho será de grande importância, já que quando chove alguns pontos da escola começam a alagar. Essa reforma solucionará esse problema e com certeza irá refletir na qualidade do ensino dos alunos", destaca, observando que no local estudam 480 alunos no ensino integral. A escola completa em agosto 48 anos de existência.

Floriano Viegas

A Escola Estadual Floriano Viegas Machado também passa por reformas. A "nova" escola renovou a parte elétrica, o que garantiu a instalação de aparelhos de ar condicionado, passou por revitalização nas áreas de pavilhão e fará nos próximos dias as obras de reformas do teto dos laboratórios. O diretor Julio Cezar dos Santos, disse que as melhorias motivam tanto a comunidade escolar quanto os moradores vizinhos. "Como houve melhorias na iluminação e pintura também da parte externa a comunidade utiliza a pista de caminhada para a prática de exercícios. Todo mundo ganha", comemora. A escola atende 1.250 alunos entre o fundamental I e o ensino médio.

Alício Araújo

A Escola Estadual Professor Alício Araújo, destaque entre as escolas de Ensino Médio do município de Dourados, no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) de 2020, implantou, recentemente e Brigada contra Incêndios e passa por ajustes em relação à acessibilidade. No local um elevador foi implantado e, segundo o diretor Marcos Falco de Lima, assim que estiver em funcionamento vai possibilitar o acesso de estudantes cadeirantes. "Nós tivemos que adaptar uma sala no piso inferior para que uma aluna com necessidades especiais pudesse frequentar as aulas. Com o elevador ela e outros estudantes poderão ter acesso às salas de aula que ficam no piso superior", explica. A escola é 100% integral e conta com 350 alunos.

Menodora Fialho

A Escola Estadual Menodora Fialho de Figueiredo deve iniciar, nos próximos meses, uma reforma completa. O processo está em fase de licitação. Ao todo serão investidos R$ 5.547.832,50 na obra. Além de revitalização dos espaços, estão previstas intervenções na cobertura, para garantir reparos em relação a vazamentos, bem como ventilação por meio de alterações estruturais.

O diretor Alaor Fonseca Filho destaca que há 12 anos a comunidade escolar aguarda por essa notícia. "A escola tem 50 anos e a última vez que passou por melhorias foi em 2009. Com esse anúncio, o governador Reinaldo Azambuja mostra que é sensível aos pedidos que tanto a Associação de Pais e Mestres como o Colegiado Escolar têm feito em relação a qualidade no ensino, uma vez que vem atendendo as solicitações. Ele se mostra atento às necessidades da escola. Estamos todos muito felizes e na expectativa de uma nova escola Menodora", explica.

Envie seu Comentário