Cidade Mix (Top 30)
Cidade Mix (Top 30)
Com Wagner Mota

Douradense deve gastar cerca de R$115 com presente para dia das crianças

03/10/2017 07h30

Fonte: Redação

Comemorado no dia 12 de outubro, o Dia das Crianças deve injetar R$ 9,8 milhões na economia de Dourados, conforme estudo do IPF-MS (Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio), em parceria com o Sebrae e Sindicom. No Estado, a data deve injetar quase R$ 63 milhões.

Do total de 9,8 milhões, R$6,88 milhões serão destinados a compra de presentes e R$ 2,96 milhões custearão as comemorações da data, incluindo despesas com supermercados, passeios. Conforme a pesquisa, poderá haver um aumento nos gastos de 6,17% e uma queda de 5,35% no percentual de pessoas que irão as compras, fatores que poderão resultar praticamente em uma estagnação na movimentação financeira em relação ao ano passado (-0,39%).

O valor médio de gasto com presentes será de R$ 115,30, maior se comparado ao ano passado, que foi de R$ 108. Do total de 264 entrevistados, 58% disseram ter intenção de presentear no Dia das Crianças. Os brinquedos lideram as opções de presentes com 48% das intenções, seguido por roupas (31%), e calçados (9%). Durante as compras os principais atributos considerados serão o preço (37%), o produto (41%), e atendimento (14%).

Lojas do centro da cidade representam 85% dos locais aonde adquirir os presentes com o Dia das Crianças, informou a pesquisa. Dos entrevistados, 4,3 não decidiram o local para comprar, enquanto 3,7% informaram que vão ao Paraguai e 1,2% ao shopping.

O presidente do Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Dourados (Sindicom) Valter Castro diz que há espaço aos empresários para a criatividade e de se adequarem ao público infantil e conseguirem resultados mais otimistas. "Tem espaço para todos nesse mercado", avalia.

Para ampliar as vendas, o comércio em Dourados abrirá no dia 11 de outubro, numa quarta-feira, das 9h às 17h, feriado de divisão do Estado. No dia 12 estará de portas fechadas e na sexta abrirá normalmente. Já o shopping abrirá no mesmo horário na quarta (10 às 22h) e na quinta, dia 12, das 14h às 20h.

No Estado

A amostra para o Estado do Mato Grosso do Sul foi de 1.948 entrevistados, em 12 cidades. Embora só se fala em crise na economia brasileira e consequentemente sul-mato-grossense, a pesquisa diz que, em todo o Estado, entre presentes e comemorações, o Dia das Crianças deve movimentar volume 17,45% maior de recursos no comércio neste ano.

A movimentação econômica esperada entre os 13 municípios pesquisados é de R$ 62,55 milhões, destes 69,38% (R$43,40 milhões) destinados a presentes e 30,61% (R$19,15 milhões) a comemorações. Apenas 26,39% dos pesquisados pretendem realizar algum tipo de comemoração.

Quanto aos itens apontados pelos compradores, destacam-se brinquedos (53,37%), roupas (28,60%) e calçados (8,62%). Outra informação importante é que 84,37% disseram que farão pesquisa de preço, 35,96% gastarão de R$51,00 a R$100,00, 79,91% comprarão na semana e 73,30% pagarão em dinheiro.

A coleta de dados foi realizada em 13 municípios do Estado (nos locais com maior fluxo de pessoas), de 13 a 25 de setembro. Os municípios pesquisados foram Aparecida do Taboado, Aquidauana/Anastácio, Campo Grande, Chapadão do Sul, Corumbá/Ladário, Dourados, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas.

Envie seu Comentário