Noticidade (Local)
Noticidade (Local)
Com Antônio Coca e Lia Nogueira

Gente da Cidade – Papai Noel

How How How!
ATENÇÃO! TEXTO IMPRÓPRIO PARA CRIANÇAS!



É SÉRIO! SE VOCÊ TEM MENOS DE 10 ANOS, NÃO LEIA!



Se você não é mais criança e acredita em Papai Noel fique tranquilo! As duas histórias que vou contar aqui são de dois homens que ajudam o bom velhinho verdadeiro, pois ele existe mesmo, mas não dá conta de tanto serviço. E aí entram em cena essas figuras.

 
Arquivo pessoal Arquivo pessoal
Arquivo pessoal Arquivo pessoal
 
Arquivo pessoal Arquivo pessoal

FERRARI NOEL

Antonio Carlos Ferrari, nasceu no dia 21 de março de 1958, em Presidente Venceslau, SP. Ele é jornalista há 39 anos. Em 1983 a magia do natal o pegou em cheio. Foi convidado para se vestir de papai noel para levar presentes para crianças da Apae. De lá pra cá, mesmo mudando para Mato Grosso do Sul, o personagem grudou nele.
Papai Noel dos bons tem barba de verdade. E a dele é assim. A partir de maio deixa crescer para que em dezembro esteja bem bonita.

Ferrari, já incorporou o nome e é conhecido por muitos como Ferrari Noel. Vários momentos marcaram a vida desse bom velhinho. Mas uma história se destaca.

“Um homem chegou chorando e pediu que o Papai Noel trouxesse a mulher dele de volta. Ela tinha abandonado os filhos com ele, cinco crianças, ele era servente de pedreiro e não tinha como trabalhar, pois deixaria os filhos sozinhos. Muito triste. Fiquei comovido”.

O jornalista diz que o melhor de tudo “é ver os olhinhos das crianças brilhando”.
(Se você quer fazer seu pedido para o Ferrari Noel, neste natal ele está no Shopping China)

 
Arquivo pessoal Arquivo pessoal

OSVALDO NOEL

Osvaldo Pereira Rosa, nasceu em Campo Grande no dia 26 de agosto de 1955. Sempre trabalhou como caminhoneiro, se aposentou e há sete anos recebeu a proposta de trabalhar como Papai Noel.

A barba o Osvaldo também é natural e ele nunca corta, só apara. O personagem já faz parte da vida do ex caminhoneiro. “Às vezes, nem lembro meu nome. Em qualquer mês do ano me chamam de Noel”.

Ele também acha difícil escolher um momento marcante, depois de muito pensar me contou um. “Um senhor chegou chorando, chorando muito mesmo. Falou que queria pedir que eu abençoasse p filho dele que era viciado em drogas. Oramos juntos. Um ano passou e o senhor voltou lá do mesmo jeito. Oramos de novo. No terceiro ano ele voltou, mas desta vez não estava sozinho. O filho foi junto para agradecer que estava livre do vício, foi emocionante”.

(Você encontra o Papai Noel “Osvaldo” no Shopping Avenida Center)

Feliz Natal!!!

É neste clima natalino que encerramos a Coluna Gente da Cidade do ano de 2015. Eu e toda a equipe da FM Cidade 101, desejamos muitas felicidades para todos. E que 2016 venha cheio de boas histórias!!!!

Esse é o nosso colega de trabalho Nino Badaue, no colo do Papai Noel Esse é o nosso colega de trabalho Nino Badaue, no colo do Papai Noel

Por Miriam Névola, jornalista.